VOLTAR

COBRA 68 - IGUAL 0KM! (VENDIDO)

RÉPLICA FORD SHELBY COBRA 5.0 V8
  • Condição:
  • Coleção:
  • Diversão:
Nota geral:
Ano 1968/1968 Km 1.800Km Preço R$ 115.000,00
  • MECÂNICA:
    5.0 V8 gasolina (302ci)
    Potência: 230 cv a 4600 rpm
    Torque: 43,50 mkgf a 2600 rpm
    Câmbio manual de 4 marchas
    Tração traseira
  • ESTADO GERAL:
    BRANCO (com listras azuis) / 1968 no documento (placa do ano) / Montado em 2005 em renomada empresa da São Caetano do Sul (Roque), só rodou 1790 km! Construção de altissimo padrão! Réplica nova e absolutamente fiel ao modelo original! Carroceria 100% íntegra, lisa, sem ondulações, trincas ou deformações e pintura perfeita! Chassi de Landau, motor Ford 302 com carburador quadrijet, filtro e tampas de válvulas originais Cobra Racing, câmbio 4 marchas do Mustang GT, rodas originais Shelby Racing aro 18" com pneus Toyo novos! Interior em couro preto e volante de madeira! Várias peças trazidas dos EUA! Carro perfeitamente alinhado e macio de rodar!

    Com certeza UMA DAS MELHORES RÉPLICAS DE SHELBY COBRA DO PAÍS! IMPECÁVEL!
  • HISTÓRIA:
    O Cobra foi um carro esporte desenhado e produzido no Reino Unido pela AC Cars, em 1960. Em setembro de 1961, Carrol Shelby escreveu à AC solicitando um Cobra construído sob medida para aceitar um motor V8. A AC aceitou a encomenda, contanto que um motor adequado fosse providenciado. Primeiro Shelby procurou a Chevrolet em busca de fornecimento de motores, mas temendo competição com o Corvette, eles se recusaram. A Ford, entretanto, desejava um carro para competir com o Corvette, e por acaso possuía um novíssimo motor de bloco pequeno adequado a tal propósito, o motor Ford Windsor de 4,2l de ferro fundido, preparado para alta performance. Em janeiro de 1962, mecânicos da AC Cars em Thames Ditton, Surrey, instalaram no chassis protótipo o motor Ford V8. Após testes e modificações, o motor e a transmissão foram removidos e o chassis foi enviado para Shelby em Los Angeles, em 2 de fevereiro de 1962. Sua equipe o equipou com motor e transmissão e, em menos de 8 horas, começaram a testá-lo nas ruas.

    A primeira geração (Cobra Mark I) teve 126 unidades fabricadas, 75 equipadas com o motor de 4,2l e 51 equipadas com um 4,7l. Em 1963, entra em produção o Mark II, com melhorias mecânicas como direção de pinhão e cremalheira, novos braços e coluna de direção. Cerca de 528 Cobras Mark II foram produzidos até o verão de 1965.

    O Cobra Mark III começou a ser produzido em 1 de janeiro de 1965. O novo carro foi projetado em cooperação com a Ford, em Detroit. Dois protótipos foram enviados aos EUA em outubro de 1964, para serem finalizados na oficina de Shelby. Um novo chassis foi construído utilizando tubos de 4 polegadas (ao invés de 3") e a suspensão agora usava molas. O novo carro também tinha pára-lamas mais largos e uma entrada de ar maior para o radiador. Foi equipado com o motor Ford 427 de 7.0 L de 425cv, que possibilitava uma velocidade máxima de 262 km/h (288 km/h no modelo de competição). Um total aproximado de 300 carros foram enviados aos EUA entre 1965 e 1966.

    Shelby queria construir um "Pega-Corvette"! E, pesando quase 500 kg a menos do que o Chevrolet, o Cobra foi exatamente isso!

    O preço de modelos de AC ou Shelby Cobras originas são consideravelmente altos em qualquer canto do planeta. No Brasil existem réplicas (como o modelo acima) perfeitamente fiéis ao modelo original. E até mesmo estas têm um valor considerável!
ENVIAR PROPOSTA